Os diversos benefícios da beterraba | Blog Hopper Nutrition

Acessível, versátil e nutritiva.

A beterraba tem esses e muitos outros predicados que a levam facilmente ao rol de melhores alimentos. Seu aproveitamento na alimentação é integral – tanto as raízes quanto as folhas são imbatíveis em nutrientes.
Contém vitaminas A, B6, C, proteínas, ferro, magnésio, ácido fólico, potássio, fibras solúveis e antioxidantes. Em conjunto, esse nutrientes podem contribuir para a saúde, inclusive para o desempenho esportivo.
Para você ter uma ideia, a beterraba é utilizada para fins medicinais há muitos séculos, sendo que seu objetivo inicial era tratar doenças do fígado, devido a suas propriedades desintoxicantes.

Benefícios da Beterraba:

Melhora o trânsito intestinal:

    1. a boa quantidade de fibras garante a manutenção dos intestinos e seu funcionamento. A

glutamina

    1. , que pertence à classe dos

aminoácidos

    1. , também está presente na beterraba e tem o papel de fortalecer a saúde desses órgãos. De quebra, ajuda a reduzir o colesterol — as fibras reduzem sua absorção.

 

Força na imunidade:

    1. estudos comprovaram que as fibras do alimento atuam no aumento do nível de glóbulos brancos, que são as células de defesa do sistema imunológico. Sem falar no arsenal de vitaminas, como a do tipo C, zinco e ferro, que suprem deficiências nutricionais (anemia, por exemplo) e evitam quedas na imunidade.

 

Combate o envelhecimento precoce:

    1. a variedade em antioxidantes trabalha contra o estresse oxidativo, responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele e dos órgãos. Atenção especial para a betacianina (que dá a cor roxa à beterraba), da família de antioxidantes, que foi mencionada em algumas pesquisas como agente de combate a alguns tipos de câncer.

 

Parceira da saúde dos olhos:

    1. a presença de vitamina A contribui para manter a integridade da visão, prevenindo doenças degenerativas.

 

Combustível para a performance dos treinos:

    1. essa característica torna a beterraba um alimento indispensável para dar um up no esporte. O óxido nítrico estimula o relaxamento dos vasos sanguíneos; dessa forma, mais nutrientes e oxigênio conseguem circular pelos vasos em plena atividade, fornecendo energia e mais resistência à fadiga muscular.

 

Regula a pressão arterial:

    1. novamente o nitrato (óxido nítrico) entra em ação. Uma pesquisa da Queen Mary University de Londres constatou que um único copo de suco (250 ml) pode reduzir a pressão arterial por causa da substância que turbina o desempenho esportivo. Ou seja, quem sofre com o pressão alta pode se beneficiar do alimento.

 

Mantém a saúde do sistema nervoso:

    as vitaminas do complexo B – B1 e B12 são essenciais para preservar o sistema neurológico e suas funções, como a coordenação motora, memória, discernimento e noção espacial.

Como consumir?

Suco, salada, crua, cozida. São diversas as possibilidades de consumo, em pratos doces e salgados.

Algumas opções de cardápio: Suco de beterraba com couve, cenoura, laranja e gengibre: além de saboroso, é altamente nutritivo. Traz uma infinidade de antioxidantes, vitaminas e propriedades funcionais que blindam a imunidade e dão mais disposição. Experimente tomar pela manhã, antes ou depois do treino.

Em tortas e pratos quentes: Inclua no recheio de massas e no preparo de grãos e sopas. Snacks assados também são boas opções de lanchinho.

Em saladas: misturar com outros vegetais e folhas e à vontade, pois seu valor calórico é irrisório (100 g de beterraba oferecem apenas 32 kcal).

Qual a quantidade recomendada?

Especialistas indicam que um copo de 250 ml de suco ao dia (equivalente a uma beterraba pequena ou metade de uma média) é o suficiente para melhorar sua saúde. Mas se você não gosta dessa forma, inclua a beterraba em outras refeições, como nas sugestões acima.

Receba novidades no seu e-mail:

Comentários:

Deixe seu comentário!